Pregações

RIQUEZA SIM, RICO NÃO




Doutrina Agamenom Pr.Elimas Gedeon ICo10.31-33 04022016

“Portanto, quer comais quer bebais, ou façais, qualquer outra coisa, fazei tudo para glória de Deus. Não vos torneis causa de tropeço nem a judeus, nem a gregos, nem a u626326995_igrej de Deus; assim como também eu em tudo procuro agradar a todos, não buscando o meu próprio proveito, mas o de muitos, para que sejam salvos.”


Você gasta tempo de sua vida para ganhar dinheiro. A Bíblia ensina que tudo o que fazemos deve glorificar a Deus. Assim, nós podemos e devemos glorificar a Deus através do dinheiro. A Palavra de Deus tem muitas orientações sobre dinheiro, bens materiais, dívidas, etc. Isso porque Deus sabia das dificuldades, pressões e tentações que iríamos enfrentar nesta área. DE QUEM É O DINHEIRO? Ag 2.8, Sl 24.1, Dt 8.18.


A) O PLANO DE DEUS PARA O DINHEIRO

1. Suprir nossas necessidades: Deus promete suprir-nos com tudo: Fl 4.19, Mt 6.31-33
2. Suprir necessidades de outros por nosso intermédio: Rm 12.13, Sl 37.21, Ef 4.28
3. Sustentar o ministério de Deus no mundo: 1 Co 16.2, Fl 4.10-20


B) ATITUDES E DECISÕES EM RELAÇÃO AO DINHEIRO

O dinheiro em si é neutro. Tudo depende do uso que se faz dele. 1 Tm 6.10 ensina que o amor ao dinheiro é a raiz de todos os males, e não o dinheiro em si.

1. Reconhecer que tudo é de Deus, e devolver pelo menos o dízimo: Ml 3.10-11.
2. Trabalhar e ganhar dinheiro honestamente: Pv 6.6-11, 2 Ts 3.10-12
3. Não entrar em dívidas e procurar sair delas: Pv 22.7, Rm 13.8, 1 Co 7.21-23
4. Não colocar o coração em dinheiro ou em coisas materiais: Pv 23.4-5, 28.22, Mt 6.19-21
5. Não viver ansioso ou preocupado: Fl 4.6-7, 1 Pe 5.7
6. Não ser avarento: Ec 5.10, Lc 12.15, Cl 3.5
7. Planejar os gastos: Pv 16.9. Faça um orçamento (modelo anexo) e pare com os gastos desnecessários! Coloque seus propósitos diante do Senhor: Sl 37.4
8. Economizar: Pv 18.9 e 21.20. Guardar para quando precisar (emergências): Pv 27.18.
9. Ser sensível em relação ás necessidades dos outros: Lc 3.11, Rm 12.13. Atenção! Não se deve ficar alimentando o preguiçoso: Pv 19.19 e 2 Ts 3.6-16.
10. Contribuir regularmente para o sustento da causa de Cristo: 2 Co 8.3-5, Fp 4.18



C) DUAS COISAS QUE VOCÊ DEVE TOMAR CUIDADO

1. Emprestar dinheiro se ele vai lhe fazer falta
2. Ficar por fiador: Pv 6.1-5

D) RIQUEZAS, BÊNÇÃO OU PERIGO?

1. Se nossas prioridades são acumular dinheiro, teremos um grande fardo: Pv 1.19, 23.4 e 30.7-9.
2. Dependendo de nossas atitudes, o dinheiro pode ser bênção ou um entrave ao nosso crescimento espiritual: 1 Tm 6.6-10, 17-19, 2 Tm 2.4, Hb 13.5-6.

Lembre-se que o dinheiro é uma das bênçãos de Deus na proporção que é livremente dado e não acumulado. Uma das finalidades do dinheiro é transformar vidas; transferir valores materiais (perecíveis) para valores eternos (não perecíveis!).


E) DICAS PARA MELHORAR SEU ORÇAMENTO:

1) O depósito para poupança sempre deve ser pelo menos 10% do salário líquido. Se o saldo do salário menos despesas é zero ou negativo, você deve mudar seu padrão de gastos, pois a Bíblia ensina que na casa do prudente sempre há mantimento (Pv 21.20).
2) Se você é autônomo (não tem salário), comece calculando pela média dos seus rendimentos dos últimos 6 a 12 meses. Neste caso, seu depósito para poupança deve ser pelo menos 20% dos seus rendimentos, porque você não tem FGTS!
3) O maior problema nos orçamentos são as “prestações” (roupas, eletrodomésticos, etc.). Pare de comprar a prazo, e compre somente á vista, com parte do dinheiro da poupança, e você logo terá um “alívio” no seu salário.
4) Não gaste o dinheiro das “horas extras”. Deixe-o na poupança para uma necessidade!
5) Economize água e luz, e ensine seus filhos a fazê-lo também!
6) Nunca peça dinheiro emprestado. Veja o que a Bíblia diz: Pv 22.7.
7) Compre roupas em liquidação. “Pechinchar” não é pecado!
8) Vá ao supermercado sem crianças ou adolescentes! Você economiza 10%!
9) Faça uma lista das prioridades de compras. Não compre por “impulso”!
10) Compre só o necessário: porque comprar 3, se você só precisa 2?
11) Dê mesadas aos seus filhos. Nada de dinheiro extra!
12) Se você não pode comprar alguma coisa á vista, no dinheiro, é sinal que não deverá fazê-lo á prazo, em prestações!
13) Ore, pedindo sabedoria em finanças.


CONCLUSÃO

A diferença entre riqueza e rico; a riqueza em nossas atitudes, o que fazemos com o tempo, com nosso dinheiro, com as decisões acerca do dinheiro, pessoas e Deus. Nem todo rico tem a riqueza em atitudes, tanto que Jesus disse que é “difícil um rico entrar no reino de Deus”. Temos cuidado não só com dinheiro que Deus nos permite ter, e pra onde pode nos levar.
Atitude vai amostrada se você é rico em dinheiro e pobre como pessoa; ou faz parte da Realeza que é sábio no trato, com ou sem dinheiro. Riqueza é sinônimo de Realeza ( Reino, somos herdeiros do Céus ).