Pregações

NOVA MANEIRA DE VIVER




Doutrina Agamenom Pr.Elimas Gedeon Nc48948 10032016 IJo2.15-7/IJo3.2-3



INTRODUÇÃO

Nosso relacionamento com sociedade em que vivemos depende dos cuidados e atitudes pessoais. Nossa vida cristã é toda marcada por decisões e atitudes. As atitudes e decisões são pessoais. Particulares mesmo! Ninguém pode tomar uma atitude pelo outro. Se essas atitudes pessoais e particulares forem negligenciadas, o cristão negligente estará naturalmente confuso, em sua relação com a sociedade.

I - ATITUDES GERAIS
Deus é doador de tudo, por isso devemos dar graças a Ele nos momentos das refeições,(Mt6.9-13). Por que devemos orar nas refeições. Para agradecer a Deus ITs5.18.
Para expulsar certas influências e envolvimentos malignos nos alimentos ITm4.5 . O que se pode comer? Orando antes das refeições, geralmente comemos tudo o que normalmente nos é dado a comer,(ICo10.25-26).

a) A bebida do crente

Que diz a bíblia sobre beber vinho? O vinho, uma das mais antigas bebidas da terra, é considerado bebida forte Pv20.1. Deus sempre alertou o homem para esse tipo de bebida que tira a razão Is5.11. O mandamento divino é desprezar o vinho que produz contendas, e na presença do Senhor vivermos uma vida cheia do Espirito Ef5.18.

b) O crente, o jejum e seu vestuário

E sobre o jejum, o que diz a Bíblia? O jejum é a abstinência de alimentos na vida do crente, com um objetivo. É um sacrifício pessoal em busca de uma determinada vitória Mt17.21. Em Mt6.16-18 Jesus ensina como proceder quando estamos jejuando. Deus rejeitou as túnicas de folhas de figueira e fez para Adão e Eva túnicas de pele Gn3.7,21. Porque com as túnicas de pele eles ficavam bem cobertos. A vestimenta tem que referenciar o sangue de Jesus. Doutra forma estaremos considerados por Deus como ―nus‖ Ap3.18. O sábio Salomão descreveu as vestes dos salvos Ec9.8. a brancura da roupa é relacionada, não propriamente a cor em si, mas a pureza da vida, externada pela roupa. O exterior mostra o interior Zc3.1-5 .

c) O procedimento e companheirismo do cristão

O crente não deve preocupar-se demasiadamente com suas vestes materiais. Isso faz parte do cuidado de Deus para a nossa vida Mt6.31-32. Como deve o cristão vestir-se diante da sociedade? ITm2.9 .
Do mesmo modo estão os homens crentes comprometidos a ter cuidado com as vestes. Como crentes precisamos ter cuidado no companheirismo com os incrédulos. De um modo geral não devemos nos associar com eles Sl1.1. Em termos de formar uma sociedade com incrédulos devemos observar o mandamento Bíblico IICo6.2-4, como a causa da degeneração da raça humana. Vindo como castigo o dilúvio. Em Jz3.5-8 temos os resultados do casamento com incrédulos, onde Israel, o povo de Deus, sofreu a ira de Deus. Mas deve haver o companheirismo com incrédulos, a fim de evangeliza-los como fez Jesus Lc15.1-2. Há também a necessidade de conviver com os incrédulos nos trabalhos do dia-a-dia e isso, com bastante cuidado para não se deixar levar pela corrupção das práticas pecaminosas Jo17.15.

II - ATITUDES COM OS MEMBROS DO CORPO

a) Os olhos e ouvidos do crente

Os olhos do crente devem ser bons para que todo o corpo consequentemente seja bom Mt6.22-23. Devem ser os olhos do crente elevados para o céu, e não para o mundo Sl121.1. os olhos do crente devem valorizar o Criador, olhando para Jesus Hb12.2. O ouvido do crente deve estar atento a Palavra de Deus Rm10.17. Ele ouve as palavra e conselhos do conhecimento Pv23.12. Está sempre inclinado a ouvir a voz do Senhor ISm3.10 .

b) A língua e os pés do crente

Nossas apalavras revelam nosso coração, Mt12.34. O crente deve aprender como falar Sl45.1 . Devemos ter cuidado com as palavras que não produzem edificação espiritual Ef4.29 .O mau uso da língua desagrada a Deus porque, as vezes, a língua promove contendas que incendeiam a vida do próximo Tg3.6 . A língua deve ser guardada do mal Pv21.23 , saudável Pv15.4, sábia Pv23.26, branda Pv25.15 e refreada Tg1.26. Deus deseja usar nossa língua para glória do Seu nome. Devem estar calçados no Evangelho da paz e firmados para não vacilarem, Ef6.15. São formosos os pés que anunciaram esta paz maravilhosa.

c) As mãos do crente

Devem ser limpas, competentes e ativas Ec9.10. Devem ser diligentes e usadas para glória de Deus At5.12, e santificadas para esse fim ITm2.8 .

III - ATITUDES PROFUNDAS
O cristão precisa tomar muito cuidado em suas áreas mais profundas. É impossível controlar os membros do corpo (olhos, ouvidos, língua, pés e mãos), sem controlar o interior .

a) Conhecendo o interior

Existe em cada um de nós áreas mais profundas, as quais precisam ser vigiadas pelo crente, por exemplo, mente Fp4.8

b) O coração é o intimo do ser

Veja o que diz Salomão Pv.4.23 .

c) Vigiando contra o pecado

A Palavra de Deus nos mostra de maneira bem simples e definida as atitudes particulares e pessoais que o crente precisa tomar em relação ao pecado. Ele deve ―considerar-se morto para o pecado Rm6.11, para que não obedeçamos as concupiscências pecaminosas Gl5.16.

CONCLUSÃO
Uma vida cristã produtiva é aquela que se considera viva para Deus. Devemos. Como crentes em Cristo Jesus, apresentarmo-nos a Deus diariamente em oração, santificando nossos membros a Ele, como instrumentos de justiça, para que Ele seja glorificado em nós. Que Deus o abençoe em sua vida particular.